Vida de estudante de iniciação científica ( parte 1/5)

Continuando a saga do que e IC, entrevistamos Sergio Azevedo Coelho, 23 (quase 24),  que está cursando o  9 período de Engenharia Civil.   É o ganhador da melhor Iniciação Cientifica da área das Engenharias do CONPEEX 2015.

Com o trabalho: “Avaliação da resistência de consolo de concreto monolítico e moldado em duas etapas”, pesquisa orientada pelo Prof. Dr. Daniel de Lima Araújo – Escola de Engenharia Civil.

Sergio, respondeu  várias dúvidas  sobre o que  é IC,  seu crescimento pessoal e acadêmico, durante e depois, da conclusão de seu trabalho.

Hoje falaremos de duas questões abordadas por ele:

  • Porque decidiu fazer IC?
  • O que e PIVIC?

Então, porque decidiu fazer IC?

Quanto a fazer iniciação científica, eu tive vontade, pois havia realizado um trabalho anterior na área de geotécnica, sob orientação da professora Rita de Cássia. Apesar de ter sido muito proveitoso e de ter apresentado resultados muito interessantes, não era um trabalho na área que eu tenho mais afinidade no curso de Engenharia Civil.

Através desta primeira experiência, percebi o quanto o conhecimento ofertado a nós, estudantes da graduação, é restrito e simplificado e o quanto as verdades que aprendemos podem ser variáveis e substituíveis.

Aliada a essa primeira experiência com a pesquisa, ao mesmo tempo, eu me envolvi como voluntário informal em algumas atividades laboratoriais do LABITTEC, como concretagens, instrumentações de modelos, ensaios estruturais, entre outras, pelas quais eu sentia bastante afinidade.

Por fim, tais atividades se tornaram formais, com objetivos, metas e obrigações, por meio da Iniciação Científica, cujo plano de trabalho foi paralelo ao desenvolvimento de uma pesquisa de mestrado.

Quanto à escolha entre os programas PIVIC e PIBIC, o fato de eu exercer atividade assalariada com vínculo empregatício foi determinante, pois, de acordo com as normas de Iniciação Científica, eu não poderia receber a bolsa de pesquisa, restando apenas a opção de trabalho voluntário do PIVIC.

Você foi aluno PIVIC. O que é PIVIC?

O PIBIC e o PIVIC são programas de iniciação científica, ofertados pela universidade que têm o intuito de inserir os alunos no universo da pesquisa, por execuções práticas de processos metodológicos, definidos por professores pesquisadores, com as devidas etapas de revisão da literatura, obtenção e análise de resultados e extração das conclusões pertinentes.

12360341_654314708004827_7403246696143571761_n

Sérgio recebendo a Certificação

De uma forma geral, a diferença entre o PIVIC e o PIBIC para o aluno está somente no recebimento ou não de bolsa de pesquisa para auxílio no desenvolvimento dos trabalhos. Pois o PIVIC é um programa para alunos voluntários e, portanto, sem bolsa.

Do ponto de vista das obrigações com a pesquisa, da carga horária semanal de atividades e dos prazos executivos, os alunos voluntários são tratados da mesma maneira que os alunos bolsistas. Somente há uma variação, que é no modo de exposição dos trabalhos ao final da pesquisa, pois os voluntários apresentam seus resultados em seções de pôsteres e os bolsistas apresentam em seções orais.

Se voce perdeu o  inicio da entrevista seguem os links:

Vida de estudante de iniciação científica ( parte 1/5)

Vida de estudante de iniciação científica ( parte 2/5)

Vida de estudante de iniciação científica ( parte 3/5)

Vida de estudante de iniciação científica ( parte 4/5)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *